Entrevista com Elettra Grassi para brasileiros

Quem é?

Introdução

Elettra Grassi é uma das melhores criadoras de Shiba do mundo, senão a melhor.

Foi com muito orgulho que recebemos seu consentimento para nos contar um pouco de sua experiência. Esta entrevista enriquece nosso site.

Elettra combina conhecimento científico com prática e dedicação, produz e entrega verdadeiras obras de arte vivas para o mundo.

Em suas palavras, “Passo a passo, a criação é uma aventura fantástica entre a arte e a ciência.

Seu nome de canil, Tessaiga, refere-se a uma espada mitológica mágica japonesa extremamente poderosa que foi forjada a partir do dente de um cão e e tem a capacidade de matar 100 entidades sobrenaturais e espíritos malígnos com um só golpe.

Com vocês, essa grande Criadora.

Por favor, se apresente: quem é você?

Olá. Eu sou expositora de Shibas desde 2003 e criadora desde 2006.

Sou graduada em genética e Doutora em manejo genético e melhoramento na reprodução animal. Trabalho às vezes como especialista em tribunais italianos, tenho muitas publicações em revistas de criação e seleção de cães. Sou professora em muitos seminários para a nova geração de criadores.

Como as pessoas podem fazer contato com você?
Tenho um Telegram ativo, que utilizo como jornal mundial, Whatsapp e Facebook, todos muito fáceis de encontrar, ou, podem usar o nosso site oficial o www.japanse-shiba.com

Como se interessou pela Cinofilia, quando foi isso?

Eu sou interessada em animais de raça pura desde sempre, desde criança! Minha família tem uma fazenda com muitos animais de qualidade: vaca romagnola, ave padovana, porcos brancos grandes… e claro cães ! Cão pastor de maremma muito italiano e Segugio Italiano

Após a graduação, tive minha primeira shiba, Sayuki, shiba muito importante, conquistou 22 títulos e Best of Breed na exposição de cães europeia na Finlândia de 2006, uma edição muito especial. Ela foi a melhor shiba daquela época

Por que decidiu estudar Reprodução Animal?
A criação de animais é a melhor maneira de trabalhar em uma projeto como artista e usar a cultura científica como meio para evoluir. E, claro, a competição também é um grande incentivo para perseguir a melhoria e encontrar novas ideias. Por isso, me aprofundei em reprodução animal..

Quando você começou a criar Shibas e por quê?

No início, minha paixão eram os Greyhound e a forma tradicional de criação de cães inglesa. Mas não tive sorte com essa raça. Então, queria começar com as velhas raças tradicionais italianas … , em suma, eu não tinha nada para fazer…

Mas, em uma exposição de cães onde trabalhei, conheci o Shiba. E comecei com eles de maneira informal e como um jogo, que passo a passo foi se tornando uma grande paixão por toda a minha vida.

Quais metas, objetivos e propósitos orientaram sua criação?

Meu objetivo é simples: um grande cão é um cão completo: na tipo, no estilo, nos movimentos e no equilíbrio mental.

O maior problema, especialmente nas fêmeas, é ter muitos exemplares excelentes no tipo e estilo, mas com pouca atitude nas exposições. Um grande cão também deve ter atitude: cães excelentes podem se tornar perdedores atrás de cães médios por essa falta de temperamento. Entre dois cães promissores prefiro o que tiver a mente e espírito fortes. Nisto sigo a ideia do Federico Tesio1, criador de cavalos da linha de sangue dormello (ribot, nearco e outros).

Muito importante é o movimento: o movimento do cão pode lhe dizer o nível de estrutura e temperamento. Movimento é uma mistura de mente e construção.

Eu, e um pouco fora da velha tradição italiana de criação, e com certeza longe de alguma tradição asiática da raça aqui na Europa: muito eu tenho ouvido, a cabeça é o tipo …

A baixa qualidade de reprodutores e fêmeas de raças em várias delas tem raízes nesta maneira equivocada de equacionar a seleção. O criador deve seguir o tipo completo como objetivo e não pode ficar com cães incompletos. Uma boa seleção é perseguir boas qualidades e não evitar as falhas. O cão pode não ter quaisquer defeitos, mas também quaisquer qualidades. Um bom reprodutor deve ter alta qualidade em cada parte do tipo.

Infelizmente, a velha tradição europeia das raças asiáticas é observar a cabeça e apenas os olhos, sem compreender o verdadeiro significado dos olhos. Os olhos nas raças asiáticas não são apenas a forma e a posição, mas também a porta do espírito. Um cachorro sem nada nos olhos não tem espírito.

Infelizmente, muitas vezes as pessoas de raças asiáticas não observam o tipo completo e não conhecem o tipo completo porque são interessadas apenas na pele dos olhos. Mas a questão é mais complexa do que a forma. E é preciso pensar que a forma mudou muito em comparação com os olhos que as pessoas pensam.

Os olhos modernos são os olhos de fukuryu, não olhos fechados, grandes em forma …

Eu mostrei esse tipo de olhos na Europa, fui a primeira na Itália com o cão Magellan três vezes e vencedor multi BISS. Eu continuo observando muitos criadores antigos no Japão sem preconceito em minha mente, apenas visando o tipo.

1 Federico Tesio (17 de janeiro de 1869 – 1 de maio de 1954) foi um criador italiano de puro-sangue para corridas de cavalos. Ele foi chamado de “o único gênio a operar no mundo da criação” e “a maior figura individual na história do automobilismo italiano”.

Há alguma experiência notável que você tenha vivido e queira nos contar?

A competição é muito semelhante ao triatlo, são esportes de resistência. Nas pistas existem cães, mas também dinâmicas humanas que, às vezes, são mais improtantes do que os cães. Quando você coloca todas as suas esperanças e forças apenas nos cães… às vezes você fica muito desapontado. Mas nada é tão feliz e mais grandioso do que vencer só com cachorros !!!

Você conheceu pessoas e lugares interessantes como criadora de Shiba?
Sim, muitas pessoas interessantes, o Shiba é rico em tradições e tradições tão diferentes !! Isso é muita sorte para a raça. Estou muito próximo da tradição sueca e dos cães do estilo explorador, mas estou sempre aberta para aprender coisas novas com todas as pessoas e, além disso, observar os cães.

Qual é a melhor experiência nesta carreira de sucesso de que você se lembra?




Generale d’argento ganhou o prêmio de melhor filhote de cachorro reserva na exposição europeia em Wels. Não me lembro de outro shiba no pódio de uma exposição de cães europeia. O primeiro top dog do Magellan Tessaiga em 2017… o Shiba na Itália era um monopólio de 20 anos em outro canil… .tínhamos quebrado aquele muro: o Magellan com seu movimento era muito invencível naquele ano.

Quantos cães você possui?

Eu tenho um canil pequeno, tenho 10 cachorros … 4 machos … um canil muito pequeno

Há alguma experiência notável que você queira nos contar sobre sua experiência?

A competição é muito semelhante ao triatlo a esportes de resistência. Nas pistas existem cães, mas também dinâmicas humanas e, às vezes, são mais importantes do que os cães. Quando você coloca todas as suas esperanças apenas nos cachorros … às vezes você fica muito desapontado. Mas nada é tão feliz e mais grandioso do que vencer só com cães!!!.

Todos são Shibas?
Sim Shibas; não deseja ter outros convidados.

Você prefere uma determinada cor?

Sou criadora de Shiba de vermelho. Eu estudo todas as cores, mas o vermelho é a minha cor como criadora.

Como cientista, autoridade na área, que orientação você daria sobre o uso de matrizes para reprodução? Quando começar? Freqüência de ninhadas? Idade de aposentadoria?

As fêmeas Shiba são muito fortes … a tradição japonesa é começar a trabalhar muito cedo … na Europa, o oposto. Na minha opinião uma matriz que começa a trabalhar aos 3 anos está atrasada e tem mais stress… 15 meses é a idade ideal para começar. 1 ninhada ano, e no canil trabalham apenas cães saudáveis. Não mais de 8 anos de idade para mulheres.

Agora Nobana teve a última ninhada para com essa idade e ela teve um trabalho de grande qualidade na raça no Japão e na Itália. Nobana é com certeza uma fêmea excepcional e ela deu muitos cães importantes no mundo Shiba. Estou muito triste em impedi-la … excelentes fêmeas são o cofre do criador.

Mas o tempo é o mestre das regras. Portanto, ética significa respeito pela raça e pelos cães. A ética é a maneira de trabalhar bem.

O fenótipo supera o genótipo de reprodução?

Muitos genótipos diferentes podem dar o mesmo fenótipo. O trabalho básico do criador é sobre o fenótipo: o objetivo é ter o fenótipo mais completo e equilibrado possível.

Portanto, o primeiro impacto de escolha é sempre no fenótipo. Genótipo são informações de “back office” sobre reprodutores e fêmeas que você está usando em seu programa de criação. Ler bem as informações sobre a frequência dos tratos no estudo de linhagem é a diferença entre quem constrói com areia e quem constrói com tijolos sólidos

Em quais detalhes da dinâmica reprodutiva de Shibas, você acredita que certas as práticas devem ser tomadas com mais cuidado ou evitadas?

O bom senso é sempre a melhor maneira de seguir. Shiba é uma raça grande com amplo acervo genético. Shiba é uma raça rica, isso dá muitas oportunidades de trabalhar. a primeira regra: nunca, nunca, nunca use cães com doenças. Isso não é tão respeitado: em pouco ou muito tempo isso se tornará um grande problema para todos os criadores.

Você acredita que a criação de raça pura é melhor do que era há décadas? Porque?

Eu acho que as atividades humanas são círculos e re-círculos. Sigo a visão histórica de Giambattista Vico1, membro do movimento iluminista. O mundo dos cães não é diferente. Não acredito em Idade do Eldorado. Eu acredito que uma raça tem cães de alta qualidade quando o nível médio de criadores é alto. Depende muito do clube do canil e dos jurados. É uma cadeia de bom trabalho.

NT De maneira geral, Vico defendia a observação e o engenho como os procedimentos mais profícuos para as ciências e as artes.

Qual é a maior gentileza que os clubes caninos podem fazer com os handlers?

O condutor é um elemento profissional muito importante na cadeia de seleção dos cães. Hoje as competições são muito altas com muito comprometimento de tempo: hoje é um pouco impossível ser criador e handler se você deseja fazer competição com frequência e nível.

Por isso é muito importante que os shows sejam organizados com horários de ringue e área de tosa e muitas outras ideias que podem fazer o trabalho do handler de forma inteligente e confortável. É importante lembrar que o handler tem também a responsabilidade de cuidar e cuidar da saúde da equipe canina: mais inteligente é a pista mais tempo o cão tem para viver bem o dia da competição. Isso é muito importante: não perca tempo com complicações bobas. Nosso objetivo comum é trabalhar bem com nossos cães.

O Shiba é uma raça muito inteligente e independente, e também muito orgulhosa. Por isso não é fácil encontrar um treinador que sinta e compreenda esta raça.

Normalmente os handlers gostam de raças mais fáceis, com uma vontade cooperativa mais natural. Shiba pode ter um ótimo desempenho no ringue se se sentir bem. Por isso trabalhamos há seis anos com Salvo Foti, handler profissional com grande experiência em raças asiáticas, muita paciência com Shiba e com capacidade de trabalhar com meus cães sem fechar a cabeça do Shiba em uma caixa. Eu gosto que meus Shibas sejam naturais e não robôs que escondem suas qualidades REAIS atrás de um over-training que engessa sua personalidade. O verdadeiro treinador é como um treinador no esporte olímpico: pode mostrar o verdadeiro espírito e as melhores qualidades naturais do cão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
× Como posso te ajudar?