SHIBA – um cão “distante”

SHIBA: amor, dedicação, lealdade

Shiba é uma raça primitiva que remonta ao início do povoamento do Japão, 14 mil a.C. Ele não foi fabricada como muitas outras. O Shiba é natural, despojado, autêntico, simples, rústico, ágil em movimento e pensamento.

O The Canadian Kennel Club resume as virtudes do Shiba como:


Independente e confiante
Inteligente
Pelagem de fácil manutenção – muda duas vezes por ano, mas em outros momentos uma escovação semanal é suficiente
Não latidor – mas vai cantar, gemer e de outra forma tornar sua presença conhecida

O The Canadian Kennel Club resume as não virtudes do Shiba como

Obstinado (alguns podem dizer teimoso)
Podem ser artistas de fuga (cavar, escalar, espremer-se por pequenas áreas)
Corredores (NÃO se pode confiar sem coleira); vai fugir
Pelagem de fácil manutenção que cai duas vezes por ano – é complicado.
Muitas vezes dominante sobre outros cães;

UM TANTO FELINO

O que os aproxima dos gatos é a sua independência, indiferença e determinação. Eles gostam de sua própria companhia e não costumam implorar por atenção humana, ainda que, sem pudores, a requeiram, eventualmente. Por vezes ele fingirá não te ouvir e pode nem se dignar a olhar para você, a menos que você tenha algo que ele realmente queira.

Shibas são extremamente asseados e passam muito tempo se limpando. E assim como os gatos, o Shiba só permitirá o manuseio humano quando for feito de acordo com sua programação e de acordo com suas regras. O não tocar se amplia muito quando um Shiba está em perigo, o que pode tornar o exame e o tratamento extremamente difíceis.

UM CAÇADOR POR NATUREZA

Antes de mais nada, vamos considerar que o Shiba é um cão de caça.
“Os cães japoneses permaneceram inalterados desde os períodos Jomon e Yayoi. Existe um contexto histórico em que demonstrou propriedades de caça contra aves e feras selvagens, como javalis e veados, e coexistiu com seus antecessores como cão de caça.
Hoje em dia, vivemos uma vida em que são tidos pelas pessoas como animais de estimação no ambiente doméstico onde não há lugar para demonstrar seus instintos.

Sob tais circunstâncias, é uma questão importante não diminuir a capacidade de caça, a técnica de caça e os aspectos causadores que são a essência dos cães japoneses e preservar o que poderia ser perdido”.

Nippo: Grupo de Pesquisa de Caça.

No momento em que enfrenta a presa, ele precisa possuir determinados comportamentos e posturas, sob pena de morte. Assim, o Shiba toma decisões por si mesmo, com autonomia, e mantém o foco sobre o objeto de concentração. Chamados, estampidos, gritos, nada o vai demover.

A raça mantém um altíssimo instinto de caça, com elevado nível de excitamento e motivação para realizar essa tarefa ou a perseguição de um objeto. É isso que justifica a enfática recomendação de que não fiquem soltos em espaços abertos. Nossos Shibas, do ShibaShow, , que moram em um sítio urbano, caçam lebre, gambás, lagartos, passarinhos em voo e, nesses momentos, estão “fora do mundo”. Sucedida a caçada, imediatamente veem nos oferecer a presa.

Os que não convivem com os Shibas, ouvindo essas coisas, acabam formando o estereótipo de que é um cão “desligado”, frio e teimoso. Nada mais equivocado. Qualquer um que atente para o padrão de temperamento do Shiba verá que ele é amoroso, fiel, verdadeiro, admirável.

RESERVADOS

Ainda que não ataquem pessoas Shibas não são amigáveis com estranhos. Latem, avisam, não permitem aproximação. Mas quando convivem com alguém junto a sua família, o acolhem.

Já com os donos, em especial aquele que o Shiba resolve chamar de seu, eles estabelecem uma relação, no mínimo, venerável.

Fuzileiro do Exército Imperial Japonês acompanhado de um cão Shiba

DURO DE TREINAR

Em um mundo de treinadores que muitas vezes preferem cães que não fazem muitas perguntas, cães que se dobram facilmente ao controle e às exigências de regras e regulamentos bastante arbitrários, existem muitas raças que têm a reputação de serem teimosas, difíceis de treinar, maníacas. O que isso geralmente significa é que esse “cão difícil” é um cão inteligente que faz muitas perguntas para o treinador. Essa mente canina não é automaticamente complacente e vem equipada com sua própria visão do mundo e suas próprias definições do que constitui atividades significativas e agradáveis. Isso não quer dizer que esses cães não estejam dispostos – um dos grandes encantos dessas raças é seu grande interesse pela vida e pelas pessoas. Se forem dadas as respostas certas para “Por quê?” e “Porque não?” muitos desses cães podem ser não apenas agradáveis, mas absolutamente brilhantes na execução de tarefas“.

Suzanne Clothier – Hard to Train

AMOR, SUBLIME AMOR

Diariamente, quando me levanto e vou para o banheiro, minha Kiko pula em cima da cama, lambe algumas vezes meu travesseiro ( não o da minha mulher) e esfrega diversas vezes as bochechas nele, para se impregnar do meu cheiro. Então pula da cama e vai para a sala. Vendo isso, sempre me ocorre “amor, sublime amor“.

No resto do dia, ela passeia pelo pátio, deita em um sofá e quase sempre me acompanha quando estou trabalhando, colada na minha perna, como a dizer, “estou aqui”.

Mesmo com a Kiko é preciso alguma astúcia para obrigá-la a fazer o que não gosta, tal como cortar unhas, por exemplo. Se iniciar no tom certo, vai tudo bem, se divergir, é melhor postergar.

SOMANDO TUDO

‘O Shiba é muito especial. Os filhotes ao redor de sete semanas já são cães completos, só o que precisam fazer é crescer. É difícil explicar por que os Shibas são tão especiais, é uma sensação. Não importa quanto profunda seja tua relação com teu Shiba, creio que há um pequeno lugar no coração do Shiba cuja porta nunca se abre para os humanos. Olhar nos olhos de um bom Shiba faz com que meu coração se derreta. É um sentimento para o qual não consigo encontrar palavras adequadas. Não há outra raça que me faça sentir essa mesma emoção”
Geert Jan Wagemans. um dos criadores mais populares da Europa.

O Shiba não é um cão simples. Pelo contrário, é um complexo de traços de personalidade por vezes contraditórios. Mas é exatamente essa combinação exótica que o torna a melhor raça que eu vim a conhecer, e eu conheço muitas. Não sem razão é Tesouro Nacional do Japão, país de cultura ancestral tão admirável. O Shiba é um catalizador positivo de felicidade para qualquer família. Não nos faltam depoimentos nesse sentido de nossos clientes e amigos da “família” Shibashow.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima
× Como posso te ajudar?