Bushido

Shiba é samurai

Qualquer um que se examine as definições do temperamento desejável e correto dos Shibas verá que ele é modelado como um pequeno samurai. É corajoso, verdadeiro, é tudo de bom. E claro, perfila pelo Bushido, sem qualquer dúvida.

Integridade

O verdadeiro guerreiro é totalmente honesto em seu relacionamentos com todas as pessoas. Acredita na justiça, não de outras pessoas, mas de si mesmo. Para o verdadeiro guerreiro todos os pontos de vista devem ser considerados buscando honestidade, justiça e integridade.

Honra

Guerreiros têm apenas um juiz de honra e caráter e este é ele próprio. As decisões que eles tomam e como elas são conduzidas é um reflexo de quem eles verdadeiramente são.

Lealdade

Guerreiros são responsáveis por tudo o que fazem e tudo o que tiverem dito e todas as consequências que decorrem. Eles são imensamente leais a todos a seu cuidado.

Respeito

Verdadeiros guerreiros não têm motivos para ser cruéis. Eles não precisam provar sua força. Guerreiros são corteses mesmo para seus inimidos. Guerreiros não são apenas respeitados por sua força na batalha, mas também por seu relacionamento com terceiros.

Coragem

Esconder-se como uma tartaruga na concha não é viver. Um verdadeiro guerreiro precisa ter coragem heroica. É absolutamente destemido. Vive a vida completamente, plenamente e maravilhosamente.

Honestidade e sinceridade

Quando guerreiros dizem que vão realizar algo, é como se já tivesse sido feito. Nada vai impedir que completem o que disseram que fariam. Eles não precisam “dar a sua palavra”, eles não precisam “prometer”.

Compaixão

Através de treino intenso e trabalho duro, o verdadeiro guerreiro se torna rápido e forte. Ele não é como pessoas normais. Eles desenvolvem uma força que deve ser usada para o bem. Eles têm compaixão. Eles ajudam seus seguidores em todas as oportunidades.

Shiba é samurai

Os samurais (侍) eram a nobreza militar hereditária e a casta oficial do Japão medieval e moderno desde o final do século XII até sua abolição em 1876. Eles eram os protetores bem pagos dos daimyo (os grandes proprietários feudais). Eles tinham alto prestígio e privilégios especiais, como usar duas espadas.

Samurais cultivaram os códigos do bushido de virtudes marciais, indiferença à dor e lealdade inabalável, engajando-se em muitas batalhas locais.

Embora tivessem antecessores em oficiais militares e administrativos anteriores, os samurais realmente emergiram durante o xogunato Kamakura, governando de c.1185-1333. Eles se tornaram a classe política dominante, com poder significativo, mas também responsabilidade significativa. Durante o século 13, os samurais provaram ser guerreiros competentes contra os invasores mongóis. Durante a pacífica era Edo (1603 a 1868), eles se tornaram os administradores e camareiros das propriedades dos daimyos, ganhando experiência gerencial e educação. Na década de 1870, as famílias de samurais compreendiam 5% da população.

À medida que as forças armadas modernas surgiram no século 19, os Samurais tornaram-se cada vez mais obsoletos e muito caros para manter em comparação com o soldado conscrito médio. A Restauração Meiji encerrou seus papéis feudais e eles passaram para funções profissionais e empresariais. Sua memória e armamento permanecem proeminentes na cultura popular japonesa.

O temperamento do Shiba

Shiba é samurai

Neste site, em mais de uma ocasião, mas principalmente na página sobre as características do Shiba, procuramos descrever o temperamento correto do Shiba, que, no padrão do cão japonês, é a característica de maior relevância relativa, constituindo 15% da pontuação em julgamentos. É assim, o fator isolado de maior importância geral. O Shiba, portanto, é antes de tudo o seu temperamento.

Quando vemos descrições de exemplares assustadiços, com medo de estampidos, retraídos, que não encaram as pessoas nos olhos, ficamos muito tristes, eis que não são Shibas conformes aos elevados propósitos da Nihon Ken Hozonkai, sociedade de preservação dos cães nativos japoneses, vinculada ao Ministério da Cultura do Japão, que se dedica a manter em sua essência o Tesouro Nacional que é o Shiba.

Bushido, literalmente, “caminho do guerreiro“, é um código de conduta e modo de vida para os samurais (a classe guerreira do Japão feudal ou buxi), vagamente semelhante ao conceito de cavalheirismo que define os parâmetros para os Samurais viverem e morrerem com honra.

É originário do código moral dos samurais e salienta a frugalidadefidelidadeartes marciaismestria e honra e até a morte. Nascido de duas principais influências, a existência violenta do samurai é atenuada pela sabedoria e pela serenidade do Confucionismo e do Budismo. O Bushido foi desenvolvido entre os séculos IX e XII e inúmeros documentos traduzidos a partir dos séculos XII e XVI demonstraram a sua grande influência em todo o Japão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima
× Como posso te ajudar?